Carregando...
Turismo Responsável

Engenho Triunfo é destaque em publicação nacional sobre Turismo Responsável

Maria Júlia Baracho, diretora executiva do Engenho Triunfo, durante homenagem na WTM Latin America - Foto: Divulgação

Em um marco significativo para o turismo responsável no Brasil, o Engenho Triunfo, liderado por Maria Júlia Baracho, diretora executiva, foi selecionado como um dos dez casos de sucesso no livro “Turismo Responsável: Resultados que Inspiram”. O lançamento do livro, que ocorreu nessa terça-feira (16), durante o evento WTM Latin America, em São Paulo, que contou com a presença de figuras importantes, incluindo Ana Carla Lopes, ministra do turismo substituta. Este reconhecimento vem em um momento especial, coincidindo com a celebração dos 30 anos de dedicação do Engenho Triunfo ao turismo sustentável, responsável e regenerativo.

O livro, uma colaboração entre o Instituto Vivejar, o Governo Federal, o Ministério do Turismo e o BID (Banco Interamericano de Desenvolvimento), destaca práticas sustentáveis no setor turístico. O “Caso Engenho Triunfo-PB”, dedicado ao empreendimento paraibano, relata a jornada de Maria Júlia e seu marido, Antônio Augusto, na consolidação de um modelo de turismo que respeita o meio ambiente e a sociedade, promovendo o desenvolvimento local e investindo no bem-estar dos colaboradores.

Livro “Turismo Responsável: Resultados que Inspiram” – Foto: Divulgação

Maria Júlia Baracho expressou sua gratidão e visão sobre o significado deste reconhecimento: “Ser reconhecido neste livro é um testemunho do amor e da dedicação que temos pelo turismo responsável. É uma honra para nós, do Engenho Triunfo, inspirar outras pessoas e projetos a seguir um caminho sustentável. Este capítulo não é apenas sobre nossa jornada, mas é também um chamado à ação para que mais iniciativas valorizem a sustentabilidade e a responsabilidade social no turismo. Celebramos não apenas os 30 anos de nossa história, mas também a possibilidade de contribuir para um futuro mais sustentável e inclusivo no turismo brasileiro.”

Além deste reconhecimento, Maria Júlia já havia sido homenageada com o Prêmio Internacional de Turismo Passaporte Aberto 2023, realizado pela Organização Mundial de Jornalistas de Turismo (OMPT), que busca destacar projetos e iniciativas de relevância para o setor turístico mundial e também ficou em terceiro lugar no Prêmio de Turismo Nacional em Brasília, reforçando o impacto e a importância de suas iniciativas. Como líder da Comissão Estadual de Mulheres no Agro da FAEPA, ela também enfatiza a relevância do empoderamento feminino no agronegócio, vendo o reconhecimento como uma oportunidade para destacar o papel das mulheres na liderança de práticas agrícolas sustentáveis.

Este reconhecimento no cenário nacional não apenas sublinha a importância da participação feminina no agronegócio, mas também demonstra o alto nível de excelência alcançável por meio de uma visão estratégica e dedicada. O Engenho Triunfo exemplifica perfeitamente como o compromisso com práticas sustentáveis pode levar ao sucesso e servir de inspiração para o setor de turismo em todo o país.

Alessandra Lontra

Por favor, siga-nos e curta-nos:
Pin Share
Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *